5 sinais de que sua vida financeira pede ajuda

Saiba quais são as situações em que você deveria perceber que sua vida financeira não está muito sob controle e precisa de um ‘help’ e como se prevenir de futuros endividamentos

Por Carol Stange para Ação Jovem

Olá, Carol Stange por aqui para te ajudar com as suas finanças pessoais e hoje eu quero te mostrar quais são os cinco grandes sinais que mostram que a sua vida financeira pede ajuda. Para cada um dos sintomas, você verá que um “remédio” é sugerido.

Sinal número 1: Não há folga no orçamento.

Os remédios para esse sintoma são bem conhecidos e não costumam causar surpresa: aumentar as receitas ou cortas as despesas.

Se, após o mapeamento das despesas, você chegar à conclusão de que não há caminhos que não sejam aumentar os ganhos, deixo a seguir 3 opções para te ajudar:

  • Promoção no trabalho: aumentar a receita mensal sendo promovido no trabalho atual. Um bom exemplo são os desenvolvimentos de cursos que pode agregar valor imediato para as suas atividades e fazer brilhar os olhos dos seus superiores. Foque em cursos que apresentem resultados rápidos, como cursos técnicos e de curta duração.
  • Recolocação: Realize pesquisas no mercado o quanto vale um profissional com as suas competências e habilidades. Se sua remuneração estiver abaixo da praticada no mercado, uma recolocação pode ser considerada. Lembre-se que o mercado enxerga um profissional empregado de forma mais atraente do que ao contrário. Portando, use isso a seu favor.
  • Renda extra: um bom projeto de renda extra vai muito além de comprar cosméticos para revenda ou sair para passear com cachorro do vizinho. Prestação de serviços ou criação e venda de produtos para um público específico sempre são caminhos interessantes para aumentar a renda.

Sinal número 2: Não há planejamento de longo prazo

O principal remédio é definir e precificar alguns desejos considerando um horizonte de 3 anos, 5 e 10 anos. Saber o que queremos conquistar, e quanto isso custa, é boa parte do caminho em direção à realização dos nossos sonhos.

Sinal número 3: O Cheque Especial é uma companhia constante.

Os remédios para esse caso significam um detalhamento das despesas e logo após, sua classificação como despesas essenciais, despesas de conforto e despesas de luxo. Comece cortando as despesas de luxo e negocie ou reduza as outras despesas.

Sinal número 4: O extrato bancário é visto apenas uma vez por mês.

O remédio sugerido envolve uma dose de coragem e de disciplina: separe um dia da semana para que os gastos passados sejam conferidos e os gastos futuros, planejados.Imaginar que a conta corrente não precisa de acompanhamento só vai contribuir para que o controle da sua vida financeira seja infinitamente adiado. Portanto, encare o seu extrato bancário!

Sinal número 5: Não há um fluxo de caixa.

Assim como, nossa saúde física demanda a prática de exercícios constantes, uma boa alimentação e hidratação, a nossa vida financeira também precisa de cuidados. Não ignore seus sinais de pedido de ajuda!

Um beijo e nos vemos no próximo conteúdo sobre Finanças Pessoais. Até mais!

O Ação Jovem do Mercado Financeiro e de Capitais (AJ) é uma associação sem fins lucrativos que visa aproximar os brasileiros do mercado financeiro - www.ajmc.br

O Ação Jovem do Mercado Financeiro e de Capitais (AJ) é uma associação sem fins lucrativos que visa aproximar os brasileiros do mercado financeiro - www.ajmc.br