Esclareça as principais dúvidas sobre a nova nota de R$ 200

Lançada no início do mês pelo Banco Central (BC), a nova cédula de R$ 200,00 já está em circulação no mercado.

Image for post
Image for post

Por Daniel Emidio, para Ação Jovem

No último dia 02/09, o Banco Central (BC) lançou a nova nota de R$ 200 no mercado. Impressa em cores cinza e sépia, ela é representada pelo lobo-guará e foi alvo de alguns memes na internet e pedidos para o animal ser substituído pelo cachorro vira-lata. Mas apesar das piadas, o fato é que a nova cédula está em circulação, pegando muitas pessoas de surpresa. Com isso, logo vieram as dúvidas sobre esse anúncio e como ele pode impactar nossas vidas.

Separamos algumas dúvidas — e respostas — a respeito dessa nova nota de dinheiro. Confira!

Por que houve a necessidade de uma nova cédula?

Um dos principais fatores que justificaram a criação da nova cédula de R$ 200 foi o entesouramento, que nada mais é do que um cenário onde as pessoas acabam armazenando mais dinheiro — em casa, na carteira, no cofre, no comércio — do que deixando ele circular livremente no mercado. Como resultado, houve um aumento da demanda do papel-moeda durante a pandemia e o Banco Central afirmou que houve a necessidade de injetar dinheiro em espécie para que ele circulasse no mercado.

Além disso, outro fator que levou a essa decisão foram os R$ 600 do auxílio emergencial implantado pelo governo brasileiro para ajudar a população, assim como, os saques do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Segundo a instituição, já havia a necessidade de implantar a nova cédula no mercado futuramente, mas devido a situação atual do país, o BC aproveitou a oportunidade de colocar o projeto em prática.

Haverá dificuldade com o troco nas compras físicas?

Ainda é cedo para dizer se comerciantes terão dificuldade em dar troco às pessoas nas compras físicas em suas lojas — afinal, muitos clientes perceberam a facilidade e comodismo de fazer compras por meio de pagamento eletrônico e muitas pessoas ainda evitam sair de casa ou consumir em estabelecimentos físicos.

Pensando nisso, é possível que não teremos esse problema no curto prazo, pois como dito anteriormente, as pessoas estão saindo menos de casa por conta da pandemia. Portanto, a possibilidade de grandes mudanças não deve ocorrer tão cedo.

A nova nota de R$ 200 vai gerar hiperinflação?

Respondendo diretamente a essa pergunta, a resposta é: Não! Para o brasileiro, o aumento de papel-moeda circulando no mercado é sinal de que está ocorrendo a inflação, mas não é o mesmo caso agora. Antes do Plano Real, houve a necessidade da impressão de mais papel-moeda pois os preços mudavam constantemente no mesmo dia e o BC precisava acompanhar essa volatilidade.

O cenário atual é diferente do que aconteceu no passado, já que o IPCA — Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo — está em baixa e com perspectiva de que permaneça dessa forma porque as pessoas estão com menos dinheiro, o consumo ainda está reprimido e o desemprego está crescendo rápido.

Como reconhecer uma nota verdadeira?

Para não cair em armadilhas e aceitar notas falsificadas ao receber o seu dinheiro, confira algumas dicas para [CONTINUA]

  • Marca d’água: assim como as demais cédulas, essa também possui a marca d’água, basta olhar contra a luz para encontrar o lobo-guará e o número 200 na área central e, abaixo da palavra “REPÚBLICA” também encontrará o valor correspondente;
  • Dimensões: a nova nota possui o mesmo tamanho da nota de R$ 20;
  • Mudança de cores: Ao movimentar a cédula, é possível ver a mudança de cor do número 200 entre o azul e verde;
  • Alto-relevo: ao passar os dedos entre o animal símbolo, a legenda do Banco Central do Brasil e o número 200 é possível sentir esses elementos pelo tato;
  • Número oculto: ao posicionar a nota à luz na posição horizontal, é possível enxergar o número 200 acima da legenda “DUZENTOS REAIS”.

Por fim, não há motivos para preocupações. O lançamento da nota de R$ 200 não é um sinal de que há um problema grave no mercado, mas apenas uma necessidade que surgiu devido ao isolamento social. Dessa forma, a nova cédula não irá afetá-lo negativamente.

Qual a sua opinião a respeito desse lançamento? Compartilhe conosco.

Written by

O Ação Jovem do Mercado Financeiro e de Capitais (AJ) é uma associação sem fins lucrativos que visa aproximar os brasileiros do mercado financeiro - www.ajmc.br

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store